A Análise de Cenários no contexto da Gestão de Riscos

análise de cenários

A Análise de Cenários pode ser utilizada para auxiliar na tomada de decisões de políticas e no planejamento de futuras estratégias, bem como em considerar as atividades existentes de uma organização. Pode desempenhar um importante papel em todos os três componentes do processo de avaliação de riscos, conforme definido nas normas ISO 31000 e ISO/IEC 31010.

Para a identificação e análise de riscos, conjuntos de cenários refletindo, por exemplo, o “melhor caso”, o “pior caso” e o “caso esperado” podem ser utilizados para identificar o que poderia acontecer sob circunstâncias específicas e analisar as consequências potenciais (negativas e positivas) e suas probabilidades para cada cenário.

A Análise de Cenários não pode prever as probabilidades de mudanças, mas pode considerar as consequências e auxiliar as organizações a desenvolverem forças e resiliência necessárias para se adaptar às mudanças previsíveis.

As principais dificuldades na utilização da Análise de Cenários estão associadas à disponibilidade de dados e à capacidade dos analistas e tomadores de decisão de serem capazes de desenvolver cenários realistas que possam explorar os resultados possíveis.

Os perigos do uso da Análise de Cenários como uma ferramenta para a tomada de decisões residem no fato de que os cenários utilizados podem não ter um fundamento adequado, os dados podem ser especulativos, e resultados irreais podem não ser reconhecidos como tal.

Veja por aqui o que a ISO/IEC 31010 diz mais sobre a Análise de Cenários.

** A Análise de Cenários é um dos tópicos do nosso exclusivo curso “ISO/IEC 31010:2009 – AVALIAÇÃO DE RISCOS – Seleção de Ferramentas e Técnicas de Risk Assessment“.

 

Compartilhe